Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Fórum Interinstitucional de Saúde discute fluxo de pacientes do Maranhão e acidentados de moto

 

image 31.jpeg

 

Duas pautas de grande relevância marcaram mais uma reunião do Fórum Interinstitucional Permanente de Saúde, em reunião ocorrida na sede do Conselho Regional de Medicina do Piauí – CRM-PI, na noite desta quinta-feira (20), em Teresina. A primeira pauta foi uma discussão sobre o fluxo de pacientes de vários municípios do Maranhão que dão entrada na rede pública de saúde do Piauí e a necessidade de repactuação financeira entre os dois estados. Participaram da reunião promotores de justiça dos dois estados, Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual de Saúde – Sesapi, Fundação Municipal de Saúde, dirigentes da Central de Regulação de Saúde do Piauí e do Maranhão, secretário municipal de Saúde de Timon, o deputado estadual do Maranhão, Rafael Leitoa, representante da Defensoria Pública do Estado do Piauí, o presidente da Sociedade de Terapia Intensiva do Piauaí, SOTIPI, Bruno Ribeiro, o diretor geral do HUT, Gerson Albuquerque, a diretora geral do HGV, Clara Leal, o diretor do Hospital Regional Alarico Pacheco de Timon, Danísio Marabuco, além da presidente do CRM-PI, Drª Mírian Palha Dias Parente, e os conselheiros Drª Lia Damásio (CFM) e Emmanuel Fontes (CRM-PI), este propositor da reunião.
Segundo informações prestadas pela Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão, o vizinho estado tem conseguido um bom fluxo de atendimento de pacientes do Estado na área de oncologia. Todos reconheceram que é muito grande o número de pacientes do Maranhão atendidos em todas as áreas da saúde no Piauí, principalmente no setor de urgência e de cirurgias eletivas, o que onera demais os custos do Estado do Piauí, também a maioria dos presentes reconhece que é necessário existir um consenso quanto a uma revisão do acordo firmado em 2008, por meio da Ação Civil Pública, ocorrida na Justiça Federal.
Um dos objetivos do Fórum, criado em 2014 e que reúne várias instituições, em busca de melhorias na área de saúde, é unir as instituições, buscar esclarecer os problemas e principais demandas na área de saúde, estabelecer propostas e relatórios e gerar encaminhamentos que venham a apontar soluções.
O outro assunto da reunião foi o número de acidentes de moto no Piauí, que tem trazido grandes problemas para a saúde pública e também para os cofres públicos. No Brasil, segundo dados oficiais, de cada 10 leitos de UTI, quatro são destinados a acidentados de moto. Segundo o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque, esse número é bem maior no Piauí, passando de 60% de ocupação de leitos de UTI por acidentados de moto, o que representa um curso de R$ 6 milhões anuais para os cofres públicos no estado para o tratamento desses pacientes, fora os custos previdenciários, uma vez que a grande maioria são acidentados em idade produtiva e muitos morrem ou ficam inválidos. O CRM-PI vem apoiando campanhas, como a que vem sendo articulada pelo MPE e também realizará uma campanha própria para aumentar a conscientização da população quanto o uso seguro desse tipo de transporte.

 

Ascom CRM-PI
Márcia Cristina

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

                            Conselho Regional de Medicina do Estado do Piauí                                                                      Delegacia Regional de Picos - PI                        
                   Rua Goiás nº 991 - Ilhotas - Teresina/PI | CEP - 64014-055                                                     Rua João XXIII N º 305 CentroPicos Piauí CEP 64600
 Fone: (86) 3216-6100  -  Fax: (86) 32166121 | e-mail - atendimento@crmpi.org.br                               Fone: (89) 34225488 -  e-mail: delegaciapicos@crmpi.org.br